mulheres em férias

Tire férias sem ganhar peso e sem privações!

Com estratégias simples você consegue manter seu peso no lugar sem deixar de aproveitar as novidades da viagem.

É super gostoso aproveitar o período de férias ao máximo, mas, quando a balança te pega de surpresa ao chegar em casa devido à falta de exercícios e excesso de alimentação, a coisa muda de figura.

Para não se ver diante desse problema, é legal ficar atento à sua rotina e tentar não fugir muito do que você normalmente pratica e vive no dia a dia: se você já se exercita e ficará longe de casa bastante tempo, tente inserir uma atividade no seu dia. Se você ingere remédios ou suplementação, carregue-os contigo ao longo da viagem també. Mas claro que, em meio a tantos estímulos novos, pode ser um pouco difícil manter a linha nesses momentos.

Para tornar essa tarefa “menos difícil”, confira as dicas que separamos para você.

Caminhadas prazerosas

mulheres caminhando na praia

 

Para garantir que seu corpo continue em movimento durante as férias, aposte nas caminhadas ou corridas. Esses são esportes super democráticos tendo em vista que podem ser praticados por pessoas de qualquer idade e demandam apenas um tênis e roupas confortáveis.

Caminhar, além de ativar sua circulação, queima as calorias ingeridas ao longo do dia e pode ser realizado durante uma trilha ou passeio turístico - enquanto você explora o novo ambiente.

Só não se esqueça de alongar antes do exercício, ok?

Academia do hotel

pessoas na academia do hotel

 

Ao se hospedar em um hotel, certifique-se de que ele possui uma academia minimamente equipada para que você possa se exercitar. Essa é uma ótima opção para queimar as calorias do café da manhã all inclusive, hehe.

Vale conferir se a sala de musculação possui um profissional preparado para auxiliá-la durante o treino - este é um recurso comum em muitos hotéis. O acompanhamento de um personal é bastante importante para evitar lesões e garantir a execução correta dos exercícios; afinal, ninguém quer ter que usar o seguro-saúde da viagem para acionar um médico, né?

Pedalar pela cidade

casal pedalando com bebê

 

Conhecer a cidade de bike pode ser bem mais barato e saudável do que o Uber. Pedalar trabalha bastante os músculos inferiores e estimula a queima calórica, pois é um exercício aeróbico. 

Em muitas cidades - especialmente capitais e metrópoles - existem pontos de locação de bicicletas, assim você não precisa ficar carregando sua bike a tiracolo.

Atividades gratuitas

academia ao ar livre

 

Muitas cidades brasileiras têm academias ao livre que dispõe de instruções para facilitar o uso dos aparelhos. É uma boa também aproveitar os parques e praças para caminhadas durante o dia - além de suar a camisa, você ainda garante a dose diária de vitamina D. Mas atenção: não esqueça de cuidar da pele aplicando um filtro solar, ok?

Capriche na escolha dos acompanhamentos

Se você viaja muito ou vai ficar um grande período fora, lembre-se de equilibrar suas escolhas. Não precisa deixar de comer aquele pratão que “só tem na praia” ou tomar aquele gelato característico da Itália; mas cabe aqui sapiência para saber dosar suas escolhas. 

No almoço, escolha saladas como acompanhamento do prato que você deseja experimentar - assim você não deixa de comer o que gostaria, mas também não acumula muitas calorias numa única refeição.

Ao temperar a salada, evite molhos muito gordurosos. Use o tradicional limão (ou vinagre), pouco azeite e pouco sal.

Evite as frituras

frituras

 

São gostosas? São. São saudáveis? Não. Não adianta: parece que as coisas que a gente mais ama são as mais prejudiciais à saúde, né? Talvez não seja bem assim… Vale apostar na fritura sem óleo, como a air fryer, por exemplo. O alimento fica mais magro, com menos gordura e menos colesterol ruim. Se não rolar uma air fryer, opte por um prato com proteína e legume cozido. Vai por mim, a balança agradece.

Equilibre o consumo diário

equilíbrio

 

Não adianta nada você se controlar numa única refeição e esquecer das demais. Se você optar por consumir apenas um prato calórico por dia, é preciso redobrar a atenção com as demais refeições.
Sendo assim, se a jogada é pegar mais pesado no almoço (seja na sobremesa ou na própria refeição), o café da tarde, café da manhã e jantar devem ser leves e pouco calóricos. Aposte nos produtos light, eles podem te ajudar bastante nessa empreitada.

Uma aventura gourmet por dia

casal jantando fora

 

Se a ideia é visitar uma cidade famosa por sua culinária rica, as restrições podem ser um pesadelo. O ideal não é se privar, mas dosar nas escolhas. Restringir a quantidade, por exemplo, pode ser melhor do que deixar de comer e sofrer de arrependimento depois. Use seu bom senso e permita-se uma experimentação mais calórica ao dia, assim você não ultrapassa seu valor diário. 

Dica

mastigar bem os alimentos

 

Mastigue bem os alimentos para amplificar sua experiência, facilitar a digestão e evitar que você coma muito além da saciedade.

Essa dica parece boba, mas vale ouro! Quem come muito rápido não aproveita a experiência, não usufrui do sabor dos alimentos e muito menos tem uma digestão eficiente. Daí vem aquela sensação de estufamento e azia durante horas. 

Mastigar bem evita que você repita o prato, ganhe peso e fique com indigestão.


Fontes:


Minha Vida


Boa Forma

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.